Skaf, o candidato dos patrões, ricos e poderosos

Candidato fala mais uma bobagem.

O empresário Paulo Skaf, candidato à sucessão Estadual de São Paulo, disse esta semana que é a favor da redução da maioridade penal.

O argumento é primário e visa atrair a atenção dos conservadores, ricos e poderosos que têm muito dinheiro para garantir que seus filhos nunca sejam presos, independentemente do crime que cometerem.

Segundo ele, se o jovem “pode trabalhar e votar, pode ser preso”. Veja no link: http://g1.globo.com/sao-paulo/eleicoes/2014/noticia/2014/08/skaf-defende-reducao-da-maioridade-penal-em-visita-centro-da-pm-em-sp.html

Para o candidato, um dos principais problemas do estado é a questão da segurança pública. “Estamos em um estado gravíssimo, eu diria que nós temos muitos problemas, mas este é um estado de emergência”, defendeu.

O candidato-patrão não defende nada de interesse dos jovens que moram na periferia da cidade e sobrevivem com grandes dificuldades financeiras e têm dificuldades para concluir os estudos porque precisam trabalhar para ajudar no orçamento familiar e, muitas vezes, em empregos onde são explorados, não têm direitos, são submetidos a longas jornadas, levam horas para chegar no trabalho porque os trens da CPTM e do Metrô quebram muito, demoram a chegar, estão sempre com problemas técnicos.

O que esses jovens precisam é de políticas públicas com visão restaurativa e não punitiva.

O que Skaf deveria debater e não o fará porque não se interessa por essa gente diferenciada é falar em ampliação de investimentos públicos que, de fato, seguissem o que prevê o Estatuto da Criança e do Adolescente.

A CUT defende o ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente  e diz NÃO à redução da maioridade penal. Queremos que a Constituição brasileira seja cumprida. Cabe ao Estado e a sociedade proteger nossos jovens, educá-los e formá-los, com escola de qualidade, em período integral, professores bem pagos e valorizados, acesso ao lazer e a qualificação profissional. Tratá-los como adultos e bandidos não resolverá o problema da juventude do País.

O estado tem de ser eficiente, não sair por aí matando e prendendo jovens, especialmente se forem negros e pobres.

Clique e veja a posição da CUT: http://www.cut.org.br/destaque-central/55584/luta-contra-reducao-da-maioridade-penal-e-destaque-na-plenaria-da-cut

 

 

 

 

 

Anúncios
por vagnerfreitascut

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s