Em Santo André, movimento sindical está com Grana

Cerca de mil pessoas já lotam neste momento o Sindicato dos Metalúrgicos de Santo André, onde lideraças sindicais irão reforçar o apoio a Carlos Grana, nosso candidato na cidade. A região do ABC, berço da CUT, já demonstrou que reconhece a competência dos trabalhadores na administração municipal.

São Bernardo elegeu Marinho em primeiro turno, enquanto Donisete Braga, em Mauá, e Mário Reali, em Diadema, lideram as pesquisas. Assim como o companheiro Carlos Grana.

Temos a obrigação de lutar para que o processo de transformação do Brasil, que começou com o presidente Lula e continuou com a presidenta Dilma, tome conta de todo o Grande ABC, por meio de parcerias com o governo federal em programas como o Minha Casa, Minha Vida. Em Santo André, Grana planeja construir 3 mil unidades habitacionais com recursos do governo federal e do governo estadual, priorizando famílias com renda de até 3 salários mínimos.

O emprego também será um dos eixos centrais no programa de nosso candidato, por meio da geração de mais e melhores empregos, especialmente em setores de alta tecnologia, que possui grande potencial para crescimento.

O diálogo com os trabalhadores é prioridade absoluta para a CUT e Grana comprometeu-se a criar uma mesa de negociação permanente entre funcionários e governo para discutir salários, plano de carreira, entre outros pontos.

E ao contrário do que prega o candidato do PSDB em São Paulo, que deseja fazer do ambiente escolar um espaço para identificar criminosos, o representante do PT em Santo André pretende transformas as escolas em equipamentos-base para formação esportiva e prática do lazer. Já na saúde, o objetivo é implantar mais 4 UPAs 24h.

Ousadia e dedicação, essas são as marcas dos representantes da classe trabalhadora e por isso estamos com Grana.

Anúncios