O que você não vê na TV: com Temer, classe trabalhadora vai ao inferno

 

Desemprego, informalidade e preços nas alturas; essa é a política dos golpistas  

Está aumentando assustadoramente o número de desempregados no Brasil. E quem está conseguindo emprego, não tem mais carteira assinada, ganha menos e não tem convênio médico, previdência, férias nem 13º salário.

O quadro é bem diferente do que a gente lê nos jornais ou assiste na TV. A economia vai mal, os investimentos minguaram e quem está pagando o pato é principalmente os pobres, o pessoal de baixa renda.

Quase meio milhão de trabalhadores/as foram demitidos em apenas três meses – em 12 meses, o número de demitidos chega a 3,2 milhões. A maioria dos demitidos tinha empregos de melhor qualidade, na indústria e agora estão perdendo esses direitos, entre eles, a carteira assinada.

As maiores vítimas são os que estudaram até 1 ano (crescimento de 135%) e os que têm ensino superior completo (54%).

Continuar lendo

Anúncios

Desemprego, um drama econômico e social ignorado pelo governo golpista

 

Combate ao desemprego tem de ser prioridade, até mesmo dos interinos

A Mercedes-Benz comunicou os trabalhadores esta semana que vai demitir parte de seu efetivo na fábrica de São Bernardo do Campo, no ABC paulista. A empresa alega ter 1.870 funcionários ociosos. Os metalúrgicos estão se mobilização para impedir as demissões.

mercedes

 

Continuar lendo